Quais são os maiores feitos da engenharia brasileira?

Quais são os maiores feitos da engenharia brasileira?
19/06/2019

A China é um país conhecido por seus grandes feitos em engenharia, como a Grande Muralha e a Hidrelétrica das Três Gargantas, que possui 181 metros de altura. Dubai e Japão também são famosos por grandes investimentos em construção civil.

Mas e o Brasil? Quais são os maiores feitos da engenharia brasileira e dos quais o país pode se orgulhar? Diferentemente dos países do norte do hemisfério, os impactos da Revolução Industrial vão ser sentidos na América do Sul e consequentemente no Brasil anos mais tarde.

Com um projeto de industrialização que se deu apenas no século XX, nossas grandes construções vão se dar apenas no período pós-guerra, a partir de 1930. E assim, as grandes construções da engenharia são de uma história nacional mais recente.

Diferentemente de outros países, como o Canadá, por exemplo. A construção da Ferrovia White Pass & Yukon em 1898, com 177 km de comprimento, interligando Alaska ao noroeste do país, chegou a ser considerada “impossível”. Por isso, até hoje figura entre as 40 maravilhas em obras da engenharia no mundo.

No Brasil, o senso comum costuma questionar a qualidade dos feitos da engenharia, devido a muitos casos de enriquecimento ilícito, denúncias de altos níveis de exploração de trabalhadores braçais e também por falhas encontradas nos projetos finalizados.

Porém, essas características não são exclusividade brasileira e escondem grandes feitos da engenharia nacional. Conheça neste post 4 construções civis brasileiras que são motivos de orgulho para o país e para os engenheiros civis!

Engenharia no Brasil

Os indígenas que viviam no atual território brasileiro foram marcados por construções menos suntuosas, com a utilização de materiais como bambu, madeira e palha. Diferentemente das outras culturas indígenas do continente Sul Americano, como os Incas, Maias e Astecas, que também ficaram conhecidos pela construção de pirâmides e cidades inteiras no período pré-colonial, a partir do manuseio de materiais como areia e argila.

Com a chegada dos portugueses, os engenheiros que aportavam no país eram destacados para a construção de prédios, palácios e igrejas. Além disso, com a economia baseada na escravidão e na exploração agropecuária, o país não tinha como foco a construção de grandes edificações e parques industriais.

É somente com a destruição de diversos países europeus durante a Primeira e a Segunda Guerra mundiais que, com a migração de europeus para os países da América Latina, e a disponibilização de grande contingente de mão de obra, que o país irá investir em um projeto de industrialização.

Ao final do século XIX, algumas escolas de engenharia são fundadas. E partir do século XX começam a se verificar grandes construções e a figura do engenheiro civil passa a também passa a ser mais demandada. Veja abaixo algumas das obras da engenharia que são grandes feitos no Brasil:

Os 4 maiores feitos da engenharia brasileira

1. Ponte Rio-Niterói (RJ)

Ponte Rio-Niterói (RJ)

Quem atua na área de engenharia civil já deve conhecer essa grande construção nacional. A Ponte Presidente Costa e Silva, ou também Ponte Rio-Niterói é a mais longa do Brasil e atualmente é a 11ª maior do mundo.

Ela atravessa toda a Baía de Guanabara, conectando os municípios de Niterói e Rio de Janeiro. Inaugurada em 1974, ela demorou 5 anos para ser construída e possui 13,29 km de extensão com 8,83 km sobre a água e 72 m de altura. Seu vão central, com 300 m de comprimento, é também o maior vão em viga reta de todo o mundo.

Antes de existir, para chegar de um município ao outro era necessário uma viagem de 120km por terra ou optar pelo uso limitado de balsas. A ponte idealizada pelo então ministro dos transportes, Mário Andreazza, possui um tráfego de 150 mil veículos diariamente.

2. Cidade Administrativa de Minas Gerais (MG)

Cidade Administrativa de Minas Gerais (MG)

A Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves (CAMG) é um dos projetos do famoso arquiteto Oscar Niemeyer. Ela é composta por sete edificações principais, que abrigam a sede do governo do estado, além das secretarias e prédios de serviços como a sede da Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

Finalizada em 2010, ela possui características de sustentabilidade, como a implementação de sensores de luminosidade - que controlam a intensidade das lâmpadas - e um sistema de esgoto sanitário a vácuo, que reduz o consumo de água.

3. Usina Hidrelétrica de Itaipu (PR)

Usina Hidrelétrica de Itaipu (PR)

Localizada na fronteira entre Brasil e Paraguai, a Usina de Itaipu utiliza as forças do Rio Paraná para a geração de energia. Ela é considerada binacional por ter sido construída pelos dois países, no período entre 1974 e 1984.
O volume de concreto utilizado em sua construção seria o suficiente para colocar de pé 210 estádios de futebol do tamanho do Maracanã. Por ser uma grande obra de engenharia, ela exigiu a força de 40 mil trabalhadores para sua construção.

A altura de sua principal barragem é de 196 metros, o que corresponderia a um prédio de 65 andares. Além disso, é um orgulho para a engenharia brasileira porque, embora a usina chinesa mencionada no começo seja a maior do mundo em infraestrutura, a Usina de Itaipu é a maior hidrelétrica do mundo em geração de energia.

Enquanto a Três Gargantas produziu 800 milhões de MWh desde sua construção, a usina binacional produz 2,5 bilhões de MWh.

4. Viaduto 13 (RS)

Viaduto 13 (RS)

Esta grande obra é ponto turístico para mochileiros e viajantes de plantão. O Viaduto 13, também conhecido como Viaduto do Exército é o mais alto das Américas. Foi fundado na década de 1970 mas seu projeto é datado do período pós Segunda Guerra Mundial.

Construído entre paisagens verdes das montanhas de Vespasiano Corrêa, recebe o nome por ser uma sequência de 13 viadutos. É ainda o terceiro mais alto do mundo, com uma extensão de 509 metros e 143 metros de altura, sendo superado apenas pela ponte de Beipanjiang, na China - com 275 m de altura - e pelo Viaduto Mala Rijeka, em Montenegro, no sudoeste da Europa - com 198 m de altura.

São feitos da engenharia brasileira dignos de orgulho e inspiração para quem busca seguir carreira como engenheiro civil, de projetos, elétrico ou de energia. Se você gostou de conhecer essas grandes construções, acesse nosso blog e confira outros conteúdos como este!


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.

Compartilhe

Veja também: