O que faz o setor de Recrutamento e Seleção?

O que faz o setor de Recrutamento e Seleção?
11/09/2019

Como encontrar as pessoas certas, com perfil adequado e experiências necessárias para assumir um posto de trabalho? Existe um ramo da área de Recursos Humanos que é especializado nessa tarefa de contratação tão essencial para qualquer empresa: o setor de Recrutamento e Seleção.

O número de pessoas disponíveis para uma vaga varia de acordo com fatores como o índice de desemprego, o índice de escolaridade, a popularidade de um curso e suas exigências, e até a população em idade ativa de acordo com a cidade, estado e país.

Divulgar uma vaga em aberto pode atrair pessoas de diferentes perfis e com interesses variados em relação ao trabalho, que nem sempre são as mais adequadas para a função. Por isso, selecionar a pessoa ideal faz parte do processo de recrutamento.

O Engenha permite que os melhores profissionais, sejam encontrados por departamentos e setores de recrutamento e seleção, e encaminhados para empresas cujo seus perfis atendam às necessidades e vice-versa.

Então, para que você entenda como funciona um processo de recrutamento, nós vamos compartilhar com você informações sobre as atividades e estratégias desse setor tão importante, que contribui para a consolidação de carreiras promissoras.

O setor de Recrutamento e Seleção

As organizações mais atualizadas e inovadoras já entendem como a empresa é formada por pessoas, com diferentes capacidades e potencialidades. Por isso, sabem como é crucial que as pessoas que compõem o rol de funcionários possuam um perfil adequado com os valores, as missões e a cultura da organização.

Por essa razão, o foco do setor ou departamento de recrutamento e seleção é o de analisar minuciosamente o perfil dos candidatos e avaliar quais devem seguir no processo seletivo e quais não se encaixam no perfil da vaga.

É tarefa desse setor a de selecionar pessoas que queiram se comprometer com a vaga, para que o processo seletivo seja o mais eficiente possível e o profissional alcance sucesso a longo prazo naquela empresa. E para que o clima organizacional seja mantido de forma boa e agradável.

Por outro lado, nesse processo avaliativo as pessoas responsáveis pela seleção também irão se atentar para os desejos, sonhos e necessidades do candidato e se eles serão satisfeitos pelos benefícios oferecidos e pelas exigências da função.

Do contrário, o profissional poderia se frustrar e deixar o cargo muito brevemente, desperdiçando parte do trabalho empregado durante o processo de recrutamento. Assim, os grandes desafios são reduzir as falhas na seleção e conseguir reter os grandes talentos e os profissionais mais promissores.

Poderíamos resumir que recrutamento e seleção diz respeito a contratar as pessoas certas para as vagas certas, levando em conta o bom relacionamento dentro do ambiente corporativo, as motivações e os desafios apresentados ao funcionário que será contratado.

Estratégias de recrutamento e seleção

O processo de recrutamento e seleção é geralmente empregado por empresas especialistas ou então por departamentos de recursos humanos e gestão de pessoas.

Esses setores possuem os conhecimentos necessários para fazer a análise e a avaliação dos candidatos, como comentamos acima. Em geral, os profissionais possuem formação em Gestão de Pessoas, Psicologia, Administração, e Recursos Humanos, e podem obter especialização para essa área específica.

Por essa experiência, tais profissionais utilizam técnicas e tecnologias para atrair pessoas interessadas e para investigar um pouco mais sobre quem está se candidatando à vaga, fim de irem além do que está no currículo.

Processo de Recrutamento

Para contratar novos colaboradores, é necessário que as pessoas com interesse na área pretendida tomem conhecimento sobre a vaga e possam candidatar-se à ela.

Assim, a parte de recrutamento envolve a divulgação da vaga e da empresa. Isso pode ser feito por meio de divulgação nos canais oficiais da empresa, como site e redes sociais, mas também em empresas especializadas em divulgar vagas de emprego, como o Engenha, ou redes de contatos profissionais, como o caso do LinkedIn.

A divulgação desse conteúdo pode ainda ser feita em anúncios de jornais ou mesmo em comunicados internos, que permitam um recrutamento interno para a mudança de cargos e setores entre os colaboradores já inseridos na empresa.

Processo de Seleção

A segunda etapa é a seleção desse material obtido por esses diferentes canais de divulgação. O número de candidatos irá variar de acordo com o tipo de trabalho, as informações sobre a vaga e até os locais de divulgação.

Os profissionais desse setor serão responsáveis por fazer uma seleção técnica, atentando-se ao tempo de contratação, que pode ser mais ou menos urgente.

Hoje já existem tecnologias de escaneamento de currículos e ferramentas de triagem, assim como as próprias opções de detalhamento dos sites de vagas, que auxiliam essa primeira seleção de candidatos.

O processo seletivo continua nas entrevistas de emprego, nas quais os melhores profissionais terão oportunidade de se destacar. Além da conversa com selecionadores e gestores, estes momentos podem envolver testes psicológicos e dinâmicas de grupo, para conhecer mais sobre o comportamento dos candidatos.

As etapas de seleção podem variar de empresa para empresa, mas o setor de recrutamento e seleção será responsável por todas elas, até a contratação eficiente e efetiva desses novos profissionais.

Se você está participando de algum processo seletivo e quer saber como causar uma boa impressão na entrevista, clique aqui e acesse algumas dicas!

Compartilhe

Veja também: